Entenda o que é e como funciona a Blockchain!

O mundo está, aos poucos, descobrindo o potencial da tecnologia por trás do Bitcoin. A Blockchain vem sendo cada vez mais demandada para inúmeros projetos, desde bancos e bolsas de valores e até grandes corporações.

Mas qual o real valor dessa tecnologia? Como funciona a Blockchain e qual é o seu papel para com o Bitcoin? Calma, vamos explicar tudo isso para você!

Entenda a tecnologia Blockchain

A Blockchain é a rede de blocos em que estão registradas todas as transações com o Bitcoin. Do início do funcionamento da rede até os dias atuais, todas as transações são mantidas nos blocos da rede (daí vem o nome “blockchain” = cadeia de blocos).

Essa rede de blocos possui duas características principais: pode ser auditada por qualquer pessoa e é praticamente inviolável.

Embora nenhuma transação possua identificações diretas de quem participou dela (como nome, documentos ou e-mail), cada uma delas possui uma assinatura digital, também chamada hash.

Essa assinatura é única de cada transação – é impossível haver duas transações com o mesmo hash. Por meio dela, é possível verificar na Blockchain quando a operação foi feita, com data e hora completas, de quanto foi a transferência e quais endereços participaram.

Qualquer pessoa pode verificar qualquer transação: basta acessar sites como Blockchain.info ou Blockcypher e digitar o número do hash. Caso ele esteja correto, a transação será verificada.

Além de registrar cada transação da rede, a rede também é extremamente segura. Os mineradores garantem a proteção da rede. Isso faz com que as transações confirmadas dentro da Blockchain se tornem praticamente irreversíveis;

Não há possibilidade de realizar estorno de uma compra ou venda em Bitcoin, tampouco gastar duas vezes a mesma moeda. Uma vez colocada no bloco, a transação permanece para sempre.

Blockchain para além do Bitcoin

Bitcoin e Blockchain costumam vir associadas uma com a outra. E, de fato, ambos são inseparáveis; não existe Bitcoin sem Blockchain.

Mas a Blockchain não tem como uso apenas a transferência de fundos. Embora seja revolucionário, o Bitcoin é apenas um token para se usar a Blockchain. E a rede tem muito mais utilidades do que transferências.

Imagine a Blockchain como um gigantesco livro-razão, daqueles que são usados em cartórios para registros de documentos. Nestes livros, a possibilidade de registro é enorme: imóveis, veículos, marcas, músicas, praticamente tudo pode ser registrado lá.

Agora imagine um livro-razão on-line, auditável por todos, mas extremamente seguro; que não é propriedade de ninguém, mas mesmo assim, tem regras; à prova de fraudes, perdas, incêndios, confiscos, falsificações e inundações.

Registros imutáveis, transações auditáveis

A tecnologia Blockchain pode ser usada como uma forma segura de armazenar e transacionar quase qualquer informação. E isso já está acontecendo.

Uma startup brasileira chamada OriginalMy utiliza a Blockchain para realizar registros de determinadas informações, como marcas, obras de arte, músicas e assinatura digital de contratos — e os registros já possuem validade jurídica como prova de autenticidade.

Em Honduras também há um projeto de grande porte com o uso da Blockchain. O país está estudando a tecnologia para fazer um registro de propriedades de forma segura e imutável.

Isso traz implicações extraordinárias para países cujas leis de proteção à propriedade são frouxas e ineficazes.

Com um registro imutável, seguro e de fácil auditoria, fica difícil para um governo autoritário realizar confiscos de bens de forma indiscriminada, o que traz uma enorme proteção para a população mais pobre.

Além disso, os custos de transação nesses registros são muito mais baixos do que nos cartórios tradicionais, o que novamente beneficia os mais pobres.

Conclusão

O Bitcoin é revolucionário? Sem dúvidas. Mas os usos da rede da Blockchain podem ser fascinantes e revolucionários do que a moeda. E é exatamente isso que levou o Bitcoin a ser tão bem aceito nos últimos anos.

Muitos acusam que a moeda Bitcoin não tenha um lastro ou uma segurança. Pois bem, pode-se dizer em resposta que um lastro muito bom é a Blockchain, a rede mais segura, complexa e com maior poder computacional do mundo, com potencial para revolucionar a forma como lidamos com a segurança de bens e ativos.

Quer entender mais sobre investimentos e até comprar Bitcoins? Fale com o Atlas Quantum, a plataforma que é especialista em arbitragem automatizada no Brasil!

Compartilhe